Nossas Comunidades

Nossa Paróquia é composta por mais 3 comunidades que estão localizadas nas proximidades do Santuário. Vamos conhecer um pouco da história de cada uma delas:

Comunidade São Francisco

Comunidade São Francisco de Assis

A Comunidade São Francisco de Assis iniciou suas atividades em 1976 quando Frei Cirilo convidou dona Nair a dar catecismo em sua casa. Sendo Ela legionária e por não ter salas disponíveis na Paróquia acabou cedendo sua casa para as reuniões da Legião de Maria, catequese e também missa uma vez por mês.
Sendo a Comunidade próxima da favela (hoje Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello) as legionárias começaram a desenvolver um trabalho pastoral na favela através da Campanha do Rosário, com o apoio do Frei Timóteo em 1978. Por ser uma Comunidade simples e com espírito franciscano Frei Timóteo sugeriu o nome de Comunidade São Francisco de Assis, toda comunidade aprovou. Neste período veio trabalhar nesta Comunidade o seminarista José Miguel (hoje Padre José Miguel - diocesano) onde orientava os catequistas, fazia estudo bíblico nas casas e celebração da palavra ao ar livre na favela.
Em 1980 Frei Timóteo nos ajudou a construir um pequeno barraquinho na favela onde fazíamos celebrações e catequese. Neste ano junto com dona Nair surgiram três novos catequistas: Zezinha, Veni e Adilson. O seminarista José Miguel foi transferido para outra comunidade e nos foi apresentada a Irmã Lourdinha (hoje da Paróquia N.Sra, da Esperança) para orientar e acompanhar os catequistas (Nair, Zezinha, Veni e Adilson).
Em 1982 sendo Frei Simão Pároco da Paróquia nos apresentou para trabalhar conosco a Irmã Expedita, que nos orientou e acompanhou nas pastorais. Irmã Expedita sugeriu que procurássemos um espaço maior para nossas atividades porque a favela seria removida para início das obras da Avenida Anhaia Mello. O casal Maria José Pierre (Zezinha) e José Venâncio Pierre cedeu para a comunidade um pequeno salão em sua residência (Rua Alexandre Galera) onde foram desenvolvidas todas as atividades durante um ano e meio.
Como a Comunidade estava crescendo Frei Simão e Irmã Expedita sugeriram a compra de um local maior para as atividades pastorais. Todos se empenharam através de festas e donativos para a compra de um espaço próprio para a Comunidade e no dia 08 de outubro de 1983 foi inaugurada a nova sede da Comunidade com uma Missa festiva tendo a presença do Bispo da Região Dom Luciano de Almeida.
Como missionária Irmã Expedita foi para outra comunidade, todos os participantes sentiram muito sua ausência, pois Ela sempre estava presente em todos os acontecimentos da Comunidade, orientando em evangelizando. Trabalharam também nesta comunidade os seminaristas Luiz Fernando e João Ferreira (hoje Padres da Arquidiocese de São Paulo). Não podemos jamais de esquecer os leigos e leigos que passaram por esta comunidade deram sua contribuição no anúncio da evangelização e todos os frades capuchinhos da nossa Paróquia que com dedicação, fé e perseverança estiveram e estão presentes na nossa comunidade nos orientando e evangelizando com ardor missionário como fez nosso padroeiro São Francisco de Assis - "Ide pelo mundo e pregai o Evangelho a todas as criaturas".

Rua Nasciosseno Gomes Barbosa, 355 - Jd. Grimaldi - SP
Telefone: (11) 2705-5962

Horário das Missas
Aos domingos às 9h00 e toda 1ª sexta-feira do mês as 8h00

Comunidade São Francisco

Comunidade Santo Antônio

Aproximadamente em 1969 moradores do bairro sentiram a necessidade de ter uma capela no local onde está situada hoje a Comunidade Santo Antônio. A partir desse desejo da comunidade, a sementinha foi plantada e começou a germinar acendendo um sonho bom dentro de nós. A Comunidade Santo Antônio está situada na Avenida General Porfírio da Paz, nº 878, no bairro Sapopemba, onde estaria um terreno com capelinha de Santo Antônio e os moradores se reuniam para rezar o terço.
Frei Mateus e Frei Jerônimo, irmãos de sangue e os dois pertencentes à Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, naturais de Portugal e da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, idealizaram construir uma Igreja maior e uma casa que se destinaria a acolher crianças do bairro. Demoliu-se a capelinha e iniciou-se o estudo do novo projeto. Aos onze de junho Dom Luciano Mendes Almeida, Bispo da região leste I, onde se situa a Paróquia Nossa Senhora de Fátima de Sapopemba e sendo o Vigário o Frei Mateus, autoriza a este que providencie todo expediente do projeto para a construção da Casa da Criança Santo Antônio. Dia 18/07/1977, autoriza a construção da obra. A pedra fundamental foi lançada em 23/10/1977 com a inscrição "Casa da Criança Santo Antônio", com missa campal celebrada por Dom Luciano e convida as Irmãs da Ação pastoral a viverem e prestar serviço à criança carente do bairro. A proposição foi feita de que a casa da criança oferecia condições para uma comunidade de formação religiosa.
Em 13/06/1987, com a presença de Dom Luciano, realizou-se nesta casa uma reunião sobre os pontos fundamentais de atendimento:
a) A criança carente;
b) Faixa etária de escolaridade;
c) Reforço escolar;
d) Possibilidade de obtenção de recursos;
e) Convênios;
f) Orientação religiosa e formação de hábitos saudáveis de vida e socialização.

A casa mantém contatos com o Serviço Social da Prefeitura de Vila Prudente, Escola de 1º Grau do Bairro de Sapopemba, Grupos Apostólicos da Paróquia, Clube do Tatuapé, com o intuito de divulgar sua disponibilidade ao atendimento a criança de periferia.
Em 22/06/1981, fica matriculada como obra-núcleo do Centro social Nossa Senhora do Bom Parto. Em dezembro de 1992, a Congregação das Irmãs da Ação Pastoral deixam a obra. A pedido dos Freis Capuchinhos na altura o vigário da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e da Comunidade de Santo Antônio, frei Odair em concordância com o Bispo Dom Décio é feito o pedido a Congregação das Servas Franciscanas Reparadoras de Jesus Sacramentado para dar continuidade ao trabalho da creche e da comunidade Santo Antônio. Em janeiro frei Odair e os demais freis da Paróquia, com a comunidade reunida acolhem as irmãs Servas Franciscanas Reparadoras em uma celebração festiva, presidindo a eucaristia frei Odair.
No dia 03/02/1993 assumiram a coordenação da creche a Irmã Maria de Lurdes Garcia e as outras irmãs auxiliando na creche, nos trabalhos da comunidade e da Paróquia, trabalhando em consonância com os freis capuchinhos. A Irmã Ester da Assunção Rodrigues ficou sempre auxiliando a Irmã Lurdes nos trabalhos da creche.
Em fevereiro de 1997, houve uma passagem do Centro de Jovens para Creche atendendo as faixas etárias de 03 a 06 anos e 11 meses. Esta mudança ocorreu em decorrência da insuficiência de demanda dos 07 aos 14 anos. O Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto entrou em negociação com a prefeitura e conseguiu fazer essa transição para creche. Por essa razão foi necessário contratar mais pessoal, uma enfermeira, uma coordenadora pedagógica, e mais pessoal para dar resposta a esta demanda. Tudo foi alterado: o número de refeições, sua qualidade. Também a verba foi aumentada e com isso as crianças e suas famílias saíram mais beneficiadas. Ficando 18 funcionários no atendimento as 120 crianças. Com esta mudança houve certa preocupação da Prefeitura entidade e sindicato, para certa adaptação ao novo jeito exigido para essa faixa etária, incluindo alguns cursos de aperfeiçoamento.
Em 2001, foi pedido á entidade por D. Cláudio Humis, Cardeal e pelo Bispo Regional Dom Pedro Luiz, a possibilidade de aumentar o número de crianças, a fim de diminuírem as crianças da rua. A entidade em satisfação ao pedido feito e a necessidade das crianças fez acordo para mais vinte crianças, ficando com o número de 140. Hoje a creche atende 130 crianças de dois anos a quatro anos.

Av. General Porfírio da Paz, 878 - Pq. Bancário - SP
Telefone: (11) 2269-5962

Horário das Missas
1º Sábado do mês às 19h30 (com as capelinhas de Nossa Senhora)
1º, 3º e 5º Domingo - Celebração da Palavra

Comunidade Santa Clara

Comunidade Santa Clara

Foi com muita luta que a comunidade jesus de nazaré iniciou sua história, através das novenas nas casas das pessoas.diversas pessoas fizeram parte desta caminhada e, com gratuidade, começaram a construir um movimento, no começo sem nome, apenas um grupo.Hoje, certamente não seria possivel recordar o nome de todas as pessoas. contudo, foi possivel recolher alguns nomes de pessoas que estiveram a frente, para formação evangelizadora da comunidade.Eles começaram a evangelização para que outros dessem continuidade,como os fundadores manoel dos santos almeida que é um dos atuantes do movimento de defesa do fevelado (mdf), irmã marts mc dermott e maria lucia de sousa que se tornou a coordenadora da comunidade.no decorrer dos trabalhos, surgiram pardres da região, isto possibilitou a celebração da primeira missa no dia 19 de dezembro de 1992, na casa de maroa liou conceição.a missa foi presidida pelo padre patrick clark, espiritano, com a presença de mais ou menos 15 pessoas.sentindo falta de espaço, um comodo de barraco foi comprado atraves da irmã martta, no ano de 1993, mas o espaço também era muito pequenino, sensibilizado irmã marta mc dermott continou a luta, muito otimista foi em busca de mais ajuda.o pe.patricio , da vila alpina e o frei odair verussa, da paróquia nossa senhora de fatima,contribuiram bastante, porem frei odair disse que não assumiria a comunidade, mas batizou com o nome de Jesua de Nazaré, este batizado ocorreu em 1994.
A comunidade já com seu nome de batismo deu seguimento realizando missas apenas três vezes ao ano.no dia das mães, no dia dos pais e no natal. o pe.patricio ou pe. patrick que sempre nos auxiliavam nas missas vindo celebrar conosco.
A comunidade foi assumida pelos capuchinhos da paróquia nossa senhora de fatima.A partir desta conquista resolvemos implantar a pastoral da criança, estavamos obtendo pontos muitos positivos.todos os freis que passaram por aqui deixaram sementes vivas, quese brotaram , mas não podemos deixar de falar de frei renato alves almeida, que semeou tantas sementes em nossa comunidade.hoje a comunidade esta sendo coordenada por outras pessoas que vieram e deram frutos.

Rua Mahunf, 32 - Vila Tolstói - SP

Horário das Missas
Aos domingos às 9h00